Folksongs and Footnotes

Daniel Malhão - Projeto Prata da Casa

19/03/2021
→ 30/04/2021

Da escala do bairro à rua e ao detalhe num prédio. De uma grande angular ao zoom. A motivação partiu de uma urgência antiga: fotografar o bairro e a cidade de Lisboa, incidindo sobre edifícios e detalhes urbanos. Esse olhar é mais atento a edifícios considerados ‘interessantes’, não bela sua beleza ou pela sua qualidade arquitectónicas, mas pela sua singularidade, um ou outro pormenor, linha ou traço de personalidade. Por um potencial de ficção.

Organização:

Antecâmara + Número – Arte e Cultura

Apoio:

MC / DGArtes

Apoio institucional:

CML

JFA

Bio

DANIEL MALHÃO nasceu em Lisboa em 1971. Frequentou a Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa. Concluiu o Curso Completo de Fotografia no Ar.Co entre 1995 e 2000, tendo participado no programa de intercâmbio com The School of the Art Institute of Chicago, para o qual contou com Bolsa da FLAD. Em 2005 participou no Programa Gulbenkian de Criatividade e Criação Artística (Fotografia). Tem exibido o seu trabalho em diversas exposições, individuais e coletivas, nacionais e internacionais, estando representado em diversas coleções particulares e institucionais, com destaque para as individuais na galeria Baginski (2003 e 2005), Vera Cortês – Agência de Arte (2004 e 2006), Cristina Guerra – Contemporary Art (2008 e 2011), Centro de Artes Visuais (2012-13) e Centro Cultural de Belém (2014). Foi nomeado para o Prémio BES Photo 2007. Desde 2008 que tem exercido atividade docente em diversas instituições de ensino cooperativo artístico e superior.

A exposição “Folksongs and Footnotes” de Daniel Malhão integra-se no projeto PRATA DA CASA.

PRATA DA CASA é um projeto de criação coletivo que visa retratar as gentes e o território de uma parte da cidade de Lisboa (Anjos-Arroios), a partir da relação dos artistas ali residentes com o tecido social e cultural envolvente. Focado em torno da ideia de comunidade, trata-se de uma reflexão ‘fotográfica’ sobre a história individual de cada um, em relação com a história coletiva e comunitária do seu bairro. O resultado final deste processo, revelado em exposição (galerias e diversos espaços públicos locais) e em livro, será a radiografia possível a uma paisagem em rápida transformação nos últimos anos.

PRATA DA CASA é um projeto da Associação Número – Arte e Cultura, com a direção artística de José Luís Neto e a participação de Claudia Fischer, Daniel Malhão, Isabel Aboim Inglez, Luciana Fina, Pedro Loureiro, Rui Viana Pereira e do coletivo A Ilha, parceira do projeto juntamente com a Antecâmara, a Duplex e a Passevite, entre outras estruturas locais. A organização conta com o apoio da República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes, do Município de Lisboa e da Junta de Freguesia de Arroios.

Mais informações: www.bairroaoespelho.com